Minha pátria

é a língua portuguesa.

Bernardo Soares
(Heterônimo de Fernando Pessoa)

No início do segundo milênio, como desdobramento do latim vulgar, tem origem um novo dialeto românico, ou galego português, que se estende em geografia e riqueza léxica, a transformar-se entre terras, povos, mares, receitas e misturas transatlânticas.

É neste mar que a revista LINGUARÁ pretende navegar. Na fonética, morfologia, léxico, sintaxe, acordo, desacordo, o comum, o incomum, as inúmeras transformações da língua portuguesa. O que nos une, o que nos separa. A conexão feita pela via da palavra, igual e diferente, dos países desta mesma língua.

Riqueza que encantou o filólogo húngaro Paulo Rónai, que a considerou, em suas primeiras leituras, um latim falado por crianças ou velhos, posto que havia perdido tantas consoantes. Ou um idioma de passarinhos, como lho apresentou o amigo escritor Desidério Kosztolányi.

A revista LINGUARÁ, de significado intérprete, carrega este amor e a coragem, do debate, da reflexão e também do apreço a cada letra, palavra velha ou nova, cada composição que foi se fazendo ao longo de seus mais de oitocentos anos de existência. Sem, no entanto, confundir a língua rica com as normas de seu uso escrito, que são apenas uma parte dela.

Passamos pela poesia que se inquieta diante destes desafios; a geografia que pode definir o longe e o perto, mas não o próximo e o distante; as lendas ricas; os oceanos, as águas, as secas; a música; o preconceito linguístico a ser pensado; histórias da língua; o jogo das palavras.

A língua que Bilac reverenciou como inculta e bela, a última flor do Lácio, a língua portuguesa, é a nossa casa, nos faz sentir acolhidos seja em Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe ou no Timor Leste.

Vem em ordem alfabética, ao longo deste tempo já definido em vinte e quatro edições (de suas vinte e três letras, mais uma com as letras visitantes k, w e y).

Carla Paoliello

Maria José Amorim

Priscilla Ballarin

Carla Paoliello

Editora

carlapaoliello@gmail.com

Tel: +351 938 530 198

É mineira, arquiteta urbanista, pesquisadora, designer, artesã e ardina. Mestre e doutora pela Universidade Federal de Minas Gerais, pós-doutora pela Universidade de Lisboa na Secção de Design da Faculdade de Belas-Artes. Tem interesse na discussão sobre arquitetura, design, artesanato, arte, tecnologias e cultura.

Atualmente mora em Lisboa e é a idealizadora d’ abanca, um quiosque de revistas e publicações especializadas em mostrar novas maneiras de ver e de viver o mundo.

Maria José Amorim

Editora

mjose.carmo@gmail.com

+351 916 133 691

É mineira, designer, escritora, com especializações em marketing e gestão. Trabalhou em jornais brasileiros de grande circulação e dirigiu a revista cultural Palavra. Hoje, é diretora do Projeto Ler é Viver de incentivo a leitura para alunos das escolas públicas mineiras, vencedor do prêmio Bom Exemplo, promovido pela Tv Globo no Estado de Minas Gerais.

Radicada em Lisboa, lançou em 2016, no Festival Latitudes, em Óbidos, um primeiro livreto português de minicontos, Contos de Geografia.​

Priscilla Ballarin

Editora de arte

priscilla.ballarin@gmail.com

+351 912 087 415

É paulista, designer, ilustradora e artista visual licenciada em Artes Plásticas pela Universidade de São Paulo. Entre outras coisas, trabalhou na Escola do Futuro da USP e foi sócia em um estúdio de vídeo e design. Desde 2012 faz parte do coletivo Desejos Urbanos, criando intervenções poéticas em espaços públicos para provocar vivências mais afetivas entre o habitante e a cidade. Em 2017, publicou o seu primeiro livro infantil e participou no Programa de Arte Pública da Fundação EDP.


Atualmente vive entre Lisboa e São Paulo, onde pinta, borda e tenta costurar mundos tão diferentes e tão próximos.

ESTATUTO EDITORIAL
 
  1. Assumiremos o compromisso permanente de divulgar, debater e exaltar as idiossincrasias da língua portuguesa.
  2. Procuraremos sempre elencar, unir, apresentar a diversidade e riqueza linguística dos países da CPLP.
  3. Honraremos o compromisso de assegurar o respeito pelos princípios deontológicos e pela ética profissional dos jornalistas, assim como pela boa fé dos leitores.
 
Depósito Legal: 446080/18
ISSN: 2184-3384
Periodicidade: Quadrimestral
Tiragem: 300 exemplares
Impressão: GM - Oficina De Artes Gráficas, Lda